Super-Euro

A poupança - Super-Euro
00:00 / 00:00
Bolsa de valores - Super-Euro
00:00 / 00:00
Canção do Super-Euro - Super-Euro
00:00 / 00:00
Canção final - Super-Euro
00:00 / 00:00
Como é bom tudo comprar - Super-Euro
00:00 / 00:00
O banco - Super-Euro
00:00 / 00:00
Ser empreendedor - Super-Euro
00:00 / 00:00

NARRADOR 1 - No país da economia todos sabiam o que fazer ao seu dinheiro. Ora juntavam o dinheiro e gastavam somente o necessário, ora construíam empresas de sucesso para terem uma vida mais tranquila. Apenas um menino se destacava pela negativa no país da economia. Esse menino era o Pedrocas.

 

(cenário - Pedrocas está a jogar e chegam os amigos)

 

AMIGO 1 - Olá Pedrocas. Que jogo é esse que estás a jogar?

 

PEDROCAS - É o meu novo Gamecompra 3000.

 

AMIGO 2 - Gamecompra 3000?

 

PEDROCAS - Comprei-o hoje mesmo. É muito fixe!

 

AMIGO 3 - Então e o teu novo jogo Gamegasta 2000 que compraste a semana passada?

 

PEDROCAS - Esse já passou à história.

 

AMIGO 4 - Já passou à história? Ainda foi a semana passada que o compraste. 

 

AMIGO 1 - Até parece que não conhecem o Pedrocas. Já toda a gente sabe que tem sempre os jogos mais recentes do mercado.

 

AMIGO 4 - Pedrocas, acho que não devias gastar tanto dinheiro em jogos. É muito mais divertido estar com os amigos. 

 

AMIGO 5 - Concordo contigo. Quem quer ir jogar à bola?

 

AMIGO 1,2, 3, 4 e 6 - Eu!

 

AMIGO 6 - Não queres vir, Pedrocas?

 

PEDROCAS - Vão andando que já lá vou ter. Estou quase a passar para o último nível.

 

(Os amigos saem de cena e Pedrocas fica sozinho.)

 

PEDROCAS - Estou quase lá. Cheguei. IUPI. E agora, acabou? Já sei vou comprar outro jogo.

(Pedrocas procura no bolso o dinheiro.)

PEDROCAS - Ora bolas, já não tenho dinheiro que chegue. Vou pedir ao Pai para me comprar outro.

 

NARRADOR 2 - E assim foi, o Pedrocas queria sempre outros jogos. Mas os pais, ao saberem que ele gastava tudo sem se preocupar no seu futuro. Decidiram tomas medidas.

 

PAI DO PEDROCAS - Querida, estou muito preocupado com o Pedrocas. Pois, em vez de gerir a sua mesada para que esta dê até ao final do mês, está a gastar tudo numa semana.

 

MÃE DO PEDROCAS - É verdade. Já viste a quantidade de jogos que estão para ali em cima da mesa.

 

PAI DO PEDROCAS - Acho melhor tomarmos uma atitude em relação a isto.

 

MÃE DO PEDROCAS - Eu também acho. Se o Pedrocas continuar assim, quando for adulto não será capaz de controlar os gastos. 

 

(Chega o Pedrocas)

 

PEDROCAS - Pai, preciso de mais dinheiro. Já não gosto deste jogo. Quero comprar outro.

Além disso também preciso de carregar o meu telemóvel, já não tenho dinheiro para mandar mais sms. 

 

PAI DO PEDROCAS - Mais dinheiro? Nem penses! Ainda agora estava a falar com a tua mãe sobre isto mesmo...

 

MÃE DO PEDROCAS - Filho, já viste que o dinheiro da mesada tem sido apenas para os jogos e telemóvel. Que gestão é essa que fazes ao teu dinheiro? Era suposto durar o mês inteiro.

 

 

PEDROCAS - Sim, mas não há problema o dinheiro fez-se para se gastar.

 

 

  • COMO É BOM TUDO COMPRAR

 

 

PAI DO PEDROCAS- Pedrocas, temos de poupar. O dinheiro não chega para tudo. Não te vou dar mais dinheiro. 

 

MÃE DO PEDROCAS - Quem me dera que o SuperEuro nos pudesse ajudar... e mostrar-te, filho, como é importante poupar.

PEDROCAS - Ó mãe isso é mito.

 

 

PAI DO PEDROCAS - Não custa tentar. Porque não escrevemos uma carta ao SuperEuro?

 

MÃE DO PEDROCAS - Boa ideia.

 

(Mãe e Pai do Pedrocas vão escrever a carta)

 

NARRADOR 3 - O SuperEuro vivia em Bruxelas, a capital da Bélgica e quando recebeu a carta dos pais do Pedrocas, ficou preocupado e decidido em dar auxílio a este menino que gastou todo o seu dinheiro e que não sabia como poupar.

Foi então, que numa manhã, o SuperEuro bateu à porta dos pais do Pedrocas e estes, ao vê-lo explicaram a sua situação.

 

MÃE DO PEDROCAS - Quem é?

 

SUPEREURO - É o SuperEuro. Esta é a casa do Pedrocas.

 

MÃE DO PEDROCAS - Ah, que bom que veio. Pedrocas anda cá.

 

PEDROCAS - Olá, quem és tu? Que fato tão estranho.

 

SUPEREURO - Eu sou  SuperEuro, e venho ensinar-te a poupar.

 

PEDROCAS - Ah, afinal tu existes? Olha, mas eu não preciso dos teus ensinamentos. Eu sei muito bem o que quero.

 

SUPEREURO - Pedrocas, é importante aprender a gerir o nosso dinheiro, desde cedo.

 

PEDROCAS - Quando chegar a essa altura logo se vê. Agora, o que é importante é gozar o momento. Já agora, como tu és tão poupadinho, por acaso não me queres emprestar dinheiro?

 

SUPEREURO - Por acaso, a única coisa que te posso passar é conhecimento. Anda lá Pedrocas, vou mostrar-te como podes fazer crescer o teu dinheiro.

 

 

  • CANÇÃO DO SUPEREURO

NARRADOR 4 - O SuperEuro decide começar por lhe mostrar que o dinheiro nem sempre vale a mesma coisa e que muitas vezes isso está dependente daquilo a se chama o mercado de valores.

 

(Cenário - mercado de valores)

 

PEDROCAS - Ena pá! Que loucura! Onde estamos?

 

SUPEREURO - Este é o mercado de valores. Aqui podemos ver que o dinheiro nem sempre vale a mesma coisa.

 

COMPRADOR 1 - Olá boa tarde, SuperEuro. Estás a ajudar mais um menino na gestão do seu dinheiro?

 

SUPEREURO - Boa tarde. É verdade. Este é o Pedrocas.

 

COMPRADOR 2 - Olá Pedrocas.

 

PEDROCAS - Olá. Ena pá. Tanta gente...

 

SUPEREURO - Aqui Pedrocas é o local onde as pessoas compram e vendem acções.

 

PEDROCAS - As acções? Acho que já ouvi falar na TV.

 

COMPRADOR 3 - Sim, as acções podem ser grandes investimentos. 

 

COMPRADOR 4 - Compras mais barato e podes vender mais caro.

 

COMPRADOR 5 - Assim, ganhas dinheiro. 

 

COMPRADOR 6 - Mas é preciso ter cuidado, pois se não estás atento, podes correr o risco de vendar mais barato do que compraste.

 

PEDROCAS - E assim perco dinheiro.

 

COMPRADOR 7 - Isso mesmo.

 

SUPEREURO - Boa Pedrocas, já estás a perceber.

 

COMPRADOR 8 - COMPRO!!!

 

 

  • BOLSA DE VALORES

NARRADOR 5 - O passo seguinte foi mostrar ao Pedrocas que o dinheiro que fica guardado no banco acaba por crescer um pouco mais, mas para isso, há que ser paciente. O Pedrocas e o SuperEuro, vão então ao banco central do país da economia e aí, conhecem as notas que estão a descansar pacientemente dentro dos cofres.

 

(cenário - O banco)

 

SUPEREURO - Pedrocas, este ó banco. Aqui podes guardar o teu dinheiro para que possa crescer.

 

PEDROCAS - Crescer? Eu já sei que não cresce.

 

SUPEREURO - Entra, já vais ver o que significar por o dinheiro a crescer.

 

BANCÁRIO 1 - Olá SuperEuro.

 

BANCÁRIO 2 - Boa tarde SuperEuro. Olá menino.

 

SUPEREURO - Olá a todos. Este é o Pedrocas.

 

TODOS - Boa tarde Pedrocas.

 

PEDROCAS - Olá. 

 

BANCÁRIO 3 - Venham, vamos fazer uma visita ao banco.

 

PEDROCAS - Boa, agora é que eu vou ver a tal plantação de dinheiro.

 

BANCÁRIO 4 - Ah ah. Não nenhuma plantação.

 

BANCÁRIO 5 - Fazer o dinheiro crescer significa, que vais receber juros por deixar cá o teu dinheiro.

 

PEDROCAS - A sério. E onde fica?

 

SEGURANÇA DO COFRE 1 - Aqui mesmo. Dentro deste cofre.

 

PEDROCAS - Que porta tão grande...

 

SEGURANÇA DO COFRE 2 - É grande e forte, para que o dinheiro fique bem guardado.

 

SUPEREURO - Entra Pedrocas. 

 

BANCÁRIO 6 - Entrem, e vejam como aqui o dinheiro parece ganhar vida.

  • O BANCO

 

 

PEDROCAS - Que giro. Tenho de trazer algum dinheiro meu para este cofre.

 

SUPEREURO - Boa ideia. 

 

NARRADOR 6 - Depois de sairem do banco, o SuperEuro, quis mostrar ao Pedrocas, que se um dia for empreendedor, poderá ter a sua própria empresa. Mas para isso, é necessário saber poupar e dar o melhor uso ao dinheiro. Deverá comprar apenas o necessário para que com o dinheiro que sobrar possa investir mais na sua empresa. Dinheiro, gera ainda mais dinheiro.

 

PEDROCAS - E onde vamos agora?

 

SUPEREURO - Agora, será a altura ideal para te mostrar como podes pensar em construir a tua própria empresa.

 

PEDROCAS - A minha empresa? Uau! Eu quero ser programador de jogos. Tenho umas ideias muito boas.

 

(cenário - sala de reuniões de uma empresa)

 

 

EMPRESÁRIO 1 - Olá SuperEuro. E tu és o?...

 

PEDROCAS - Eu sou o Pedrocas. Estou aqui para me ajudarem a ser empreendedor.

 

EMPRESÁRIO 2 - Boa Pedrocas. Já vi que o SuperEuro te deixou muito entusiasmado.

 

PEDROCAS - É verdade.

 

EMPRESÁRIO 3 - Venham, esta é a nossa sala de reuniões e aqui discutimos a melhor forma de fazer crescer a nossa empresa.

 

PEDROCAS - E como é que isso se faz?

 

EMPRESÁRIO 4 - Arranjamos novas estratégias de marketing...

 

PEDROCAS - O que é isso?

EMPRESÁRIO 5 - Marketing é, entre outras coisas, uma estratégia para publicitar os nossos produtos de forma a aumentar o volume de vendas.

 

SUPEREURO - Olha, Pedrocas, para que estas estratégias funcionem são precisas muitas pessoas. Este Sr. é o designer gráfico.

 

DESIGNER - Olá Pedrocas. Sabes, nesta empresa eu desenho bonitas embalagens para que possam ser mais apelativas ao consumidor.

 

EMPRESÁRIO 3 - Este Sr. aqui é responsável pelo estudo de mercado.

 

PEDROCAS - A minha mãe também vai o mercado, diz que lá é mais barato e a qualidade é superior.

 

RESPONSÁVEL ESTUDO DE MERCADO - Não Pedrocas, estudo de mercado significa que devemos saber o que é que as pessoas precisam comprar, de forma a ficarem satisfeitas. 

 

PEDROCAS - Ahhh....

 

 

  • SER EMPREENDEDOR

 

 

PEDROCAS - Fixe!!! 

 

NARRADOR 7 - Nesta altura o Pedrocas começava a ver o dinheiro de uma forma diferente e deixava de estar tão cético quanto à ajuda o SuperEuro. Bastava apenas mais um passo na aprendizagem para que o super-herói desse por completa a sua missão. Para isso, levou o Pedrocas até um sítio, onde alguns idosos estavam sentados, de cara triste e desgostos, pois viviam apenas da caridade.

 

(Cenário - jardim)

 

SUPEREURO - Agora Pedrocas, é a vez de te mostrar o que pode acontecer se não souberes poupar.

 

PEDROCAS - Sim, agora já sei como devo poupar, mas ainda não consigo perceber o que iria acontecer caso não poupe.

 

IDOSOS - Boa tarde SuperEuro.

 

SUPEREURO - Boa tarde.

 

PEDROCAS - Olá, eu sou o Pedrocas.

IDOSO 1 - Olá Pedrocas. Já sabemos, andaste a gastar o teu dinheiro sem te preocupares com o teu futuro.

 

IDOSO 2 - Pois, olha para nós se tivéssemos tido mais cuidado agora poderíamos viver mais desafogados.

 

PEDROCAS - Sim, já percebi que não procedi bem.

 

IDOSO 3 - De qualquer maneira, ainda vais a tempo.

 

IDOSO 4 - Repara rapaz, se fores sempre guardando algum dinheiro, quando tiveres a nossa idade terás um mealheiro bem recheado.

 

PEDROCAS - Sim, vou deixá-lo no banco a crescer.

 

IDOSO 5 - Não te esqueças que não deves comprar coisas fúteis, principalmente em altura de crise.

 

IDOSO 6 - O que é importante é o essencial.

 

 

  • A POUPANÇA

 

 

PEDROCAS - Obrigada senhores.

 

IDOSOS - De nada. 

 

SUPEREURO - Pronto Pedrocas, o dia chegou ao fim e as nossas visitas terminam por aqui.

 

PEDROCAS - Obrigado SuperEuro. Agora já sei como fazer para poupar e conseguir fazer o dinheiro esticar.

 

SUPEREURO - De nada Pedrocas. Sempre que precisares de mim é só chamar. 

 

NARRADOR 8 - O Pedrocas ficou rendido aos exemplos e ensinamentos do SuperEuro. A partir desse dia, deixou de gastar todo o dinheiro que tinha e passou a geri-lo com responsabilidade. Preocupou-se em guardar o seu dinheiro no banco para que este fosse crescendo e sempre que poupava mais um pouco, ia a correr depositá-lo. O Pedrocas, tornou-se num homem de negócios de sucesso e a sua empresa cresceu por todo o mundo e todos os anos, no dia mundial da poupança, o Pedrocas escrevia ao SuperEuro a contar as suas novas conquistas no país da economia.

 

 

  • CANÇÃO FINAL