Conto da alimentação

As minhas refeições - Conto da alimentação
00:00 / 00:00
Frutos - Conto da alimentação
00:00 / 00:00
Leite - Conto da alimentação
00:00 / 00:00
Peixe e Carne - Conto da alimentação
00:00 / 00:00
Sopa de legumes - Conto da alimentação
00:00 / 00:00

MÃE - MENINOS TODOS PARA A MESA. A COMIDA ESTÁ A ARRECER!

 

FRANCISCO - OUTRA VEZ?

 

LEONOR - MAS NÓS JÁ COMEMOS ONTEM!

 

MÃE - NÓS TEMOS DE COMER TODOS OS DIAS. SEM COMIDA NÃO TEMOS FORÇA PARA NADA.

 

FRANCISCO - EU TENHO MUITA FORÇA.

 

LEONOR - MAS COMER É TÃO ABORRECIDO.

 

FRANCISCO - SE EU MANDASSE, SÓ COMIA DOCES!

 

LEONOR - E EU SÓ COMIA PIZAS E HAMBURGUERES!

 

MÃE - DE VEZ EM QUANDO NÃO FAZ MAL, MAS TODOS OS DIAS... DE MANHÃ DEVEM BEBER UM BOM COPO DE LEITE. AO ALMOÇO VOU FAZER UM BIFE MUITO SABORO. DEPOIS AO LANCHE DEVEM COMER UM IOGURTE E FRUTA E AO JANTAR VOU COZINHAR UM PEIXINHO GRELHADO. SE COMER ISTO TODOS OS DIAS VÃO FICAR FORTES E SAUDÁVEIS!

 

FRANCISCO - NÃO GOSTO DE NADA!

 

LEONOR - LEITE? PEIXE? FRUTA? OH MAMÃ, SE AINDA FOSSE UM GELADO DE CHOCOLATE...

 

MÃE - EU VOU CONTAR-VOS A HISTÓRIA DE UM MENINO QUE NÃO QUERIA BEBER LEITE.

“ERA UMA VEZ UM MENINO CHAMADO AFONSO QUE VIVIA NUMA LINDA QUINTA. NESSA QUINTA HAVIA MUITOS ANIMAIS: PATOS, CABRAS, CAVALOS, GATOS, CÃES E UM EM ESPECIAL QUE O NOSSO AMIGO AFONSO DETESTAVA, AS VACAS. ELE NÃO GOSTAVA DELAS PORQUE DAVAM LEITE E ELE DETESTAVA BEBER LEITE.

QUANDO O PAI LHE PEDIA PARA TIRAR O LEITE DAS VAQUINHAS, ELE FICAVA MUITO IRRITADO, POIS ATÉ O CHEIRO O FAZIA FICAR ENJOADO.

CERTO DIA DECIDIU POR UMA MOLA NO NARIZ E UMAS LUVAS SÓ PARA NÃO TOCAR NO LEITE.”

 

LEONOR - COMO EU COMPREENDO ESSE AFONSO...

MÃE - “TODOS OS ANIMAIS DA QUINTA ANDAVAM TRISTES COM O AFONSO, PORQUE TIHAM PENA DAS VAQUINHAS QUE ERA MUITO MEIGAS E SIMPÁTICAS. POR ISSO, DECIDIRAM DEIXAR DE BRINCAR COM O MENINO. ELE FICOU AINDA MAIS IRRITADO E DECIDIU CRIAR AS SUAS PRÓPRIAS BRINCADEIRAS, PORQUE PARA ELE, ERA MAIS IMPORTANTE PERDER OS AMIGOS DO QUE BEBER O LEITE. UM DIA, ESTAVA ELE A BRINCAR SOZINHO, QUANDO SE MAGOOU A SALTAR POR CIMA DE UMA POÇA DE ÁGUA. TODOS OS ANIMAIS OUVIRAM OS SEUS GEMIDOS DE DOR, MAS NENHUM SE ATREVEU A AJUDÁ-LO, POIS SABIAM QUE AS SUAS DORES TINHAM A VER COM A FALTA DE LEITE.”

 

FRANCISCO - FALTA DE LEITE? PORQUÊ?

 

MÃE - “O AFONSO COM TANTO GEMIDO FICOU CHEIO DE SEDE E NEM SEQUER REPAROU QUE TINHA TIRADO O PACOTE DE LEITE DA SUA LANCHEIRA EM VEZ DO COPO DE SUMO. BEBEU TUDO DE UMA SÓ VEZ E SENTIU UMA GRANDE ALEGRIA POR TER BEBIDO AQUELA BEBIDA MUITO SABOROSA QUE ATÉ COMENTOU: 

 

  • A MINHA MAMÃ COMPROU-ME UM SUMO MUITO BOM!

  • MAS FOI ENTÃO QUE AO OLHAR PARA O PACOTE QUE VIU O NOME “LEITE”

  • LEITE? EU BEBI LEITE? DISSE ELE MUITO ESPANTADO 

  • MAS ENTÃO O LEITE É ASSIM TÃO BOM? 

 

O AFONSO A PARTIR DESSE DIA ERA O MELHOR AMIGO DAS VAQUINHAS, POIS FICOU A SABER QUE ALÉM DE TER UM SABOR MARAVILHOSO, O LEITE TAMBÉM AJUDA OS OSSOS A FICAREM MAIS FORTES.”

 

LEONOR - NÃO SABIA QUE O LEITE FAZIA ASSIM TÃO BEM!

 

  • LEITE

FRANCISCO - MAS MAMÃ, A SOPA É ÁGUA COM UM SABOR ESQUISITO!

 

LEONOR - O PIOR SÃO AQUELAS COISAS A NADAR EM CIMA!

 

MÃE - SE COMEREM A SOPINHA EU PROMETO QUE VOS CONTO OUTRA HISTÓRIA.

 

FRANCISCO E LEONOR - ESTÁ BEM, MAS SÓ DESTA VEZ!

 

MÃE - “ESTA HISTÓRIA ACONTECEU HÁ MUITOS E MUITOS ANOS ATRÁS, QUANDO UMA MENINA MUITO PEQUENINA E MAGRINHA DE SEU NOME JOANA, ANDAVA COM OS SEUS AMIGOS A VER AS MONTRAS CHEIAS DE BRINQUEDOS.

APESAR DOS SEUS AMIGOS TEREM TODOS A MESMA IDADE QUE A JOANA, ELA ERA A MAIS PEQUENINA E QUANDO IAM VER AS MONTRAS DE BRINQUEDOS, ELA ERA A ÚNICA QUE NÃO CONSEGUIA VER NADA, POIS NÃO TINHA ALTURA SUFICIENTE PARA ESPREITAR.

MÃE (CONTINUAÇÃO) - TODOS OS ANOS ERA A MESMA COISA, A POBRE DA JOANA NUNCA CONSEGUIA VER OS BRINQUEDOS. UM DIA CHEGOU A CASA MUITO TRISTE E A SUA MÃE PERGUNTOU-LHE O QUE TINHA. A JOANA CONTOU À MÃE QUE SE SENTIA TRISTE POR SER A MAIS PEQUENINA DE TODOS OS SEUS AMIGOS E QUE O SEU MAIOR SONHO ERA VER OS BRINQUEDOS PARA PODER ESCOLHER UM PARA O NATAL, POIS ESTAVA FARTA DE RECEBER PRENDAS DE QUE NÃO GOSTAVA.

A MÃE DA JOANA ENTÃO DISSE-LHE:

 

  • MÃE DA JOANA -  EU SEI O QUE DEVES FAZER!

  • JOANA - SABES COMO É QUE POSSO CRESCER? CONTA, CONTA. EU FAÇO TUDO!

  • MÃE DA JOANA - DEVES COMER MUITA SOPA DE LEGUMES. SÓ ASSIM É QUE VAIS CONSEGUIR CRESCER!

 

MAS ISSO ERA UM PESADELO PARA A JOANA. TER DE COMER SOPA? ELA DETESTAVA SOPA. A POBRE JOANA FICOU AINDA MAIS TRISTE E DECIDIU QUE PREFERIA NÃO TER OS BRINQUEDOS QUE QUERIA, A TER DE COMER SOPA.

QUANDO O NATAL CHEGOU, TODOS OS SEUS AMIGOS TIVERAM AS PRENDAS QUE HAVIAM ESCOLHIDO DAS MONTRAS QUE VIRAM E A JOANA MAIS UMA VEZ, RECEBEU O QUE NÃO QUERIA.

FOI ENTÃO QUE DECIDIU COMER SOPA TODOS OS DIAS DURANTE ESSE ANO. ENTÃO, QUANDO O NATAL SEGUINTE CHEGOU, OS SEUS AMIGOS FICARAM ESPANTADOS AO VEREM QUE A JOANA NÃO SÓ JÁ CONSEGUIA VER OS BRINQUEDOS DAS MONTRAS, COMO TAMBÉM ERA A MAIS ALTA DE TODOS ELES. E FOI ASSIM QUE PELA PRIMEIRA VEZ, A JOANA CONSEGUIU TER OS PRESENTES QUE QUERIA.”

 

LEONOR - MAMÃ EU SOU PEQUENINA COMO A JOANA!

FRANCISCO - E EU TAMBÉM. POR ISSO É QUE NUNCA RECEBO AS PRENDAS QUE QUERO!

 

  • SOPA DE LEGUMES

 

 

LEONOR - MAMÃ, CONTAS-NOS MAIS UMA HISTÓRIA?

 

FRANCISCO - VÁ LÁ, CONTA OUTRA!

 

MÃE - JÁ SABEM... SE VOS CONTAR OUTRA HISTÓRIA TÊM DE COMER A FRUTA. COMBINADO?

 

LEONOR E FRANCISCO - SIM!

MÃE - “ERA A FINAL DO CAMPEONATO DE FUTEBOL NA ESCOLA DO MANUEL. TODOS TINHAM TREINADO MUITO PARA ESTE DIA, MAS O TREINADOR ESTAVA MUITO PREOCUPADO, POIS OS SEUS JOGADORES, APESAR DE TEREM MUITO TALENTO, NÃO TINHAM FORÇA PARA CORRE E NEM SEQUER PARA CHUTAR NA BOLA.

OS JOGADORES DA EQUIPA DA OUTRA ESCOLA, ERA MUITO FORTES E SAUDÁVEIS, POIS COSTUMAVAM COMER MUITA FRUTA ANTES DOS JOGOS.

QUANDO O JOGO COMEÇOU, OS ADVERSÁRIOS MARCARAM LOGO UM GOLO. A EQUIPA DO MANUEL BEM TENTAVA CORRER MAS NÃO TINHAM PERNAS PARA ACOMPANHAR A OUTRA EQUIPA, QUE PASSAVA POR ELES COMO FOGUETÕES.

AO INTERVALO JÁ PERDIAM POR QUATRO A ZERO E FOI ENTÃ,O QUE AO CHEGAR AO BALNEÁRIO ,O SEU TREINADOR VIU O MANUEL E OS SEUS COLEGAS A COMEREM GOMAS E CHOCOLATES.

 

  • A COMER DOCES DURANTE UM JOGO DE FUTEBOL? - PERGUNTOU O TREINADOR MUITO CHATEADO.

  • MANUEL - É  PARA DAR FORÇA! - DISSE O MANUEL.

  • TREINADOR - OS DOCES NÃO DÃO FORÇA. OS DOCES SÓ NOS FAZEM FICAR MAIS CANSADOS E MOLES! AFIRMOU O TREINADOR AINDA MAIS CHATEADO. - SE QUEREM TER FORÇA  E ENERGIA PARA CORRER TÊM DE COMER FRUTA. A FRUTA É SAUDÁVEL E AJUDA A VENCER OS JOGOS! EXPLICOU O TREINADOR.

  • MANUEL - O TREINADOR ACHA QUE SE COMER-MOS FRUTA VAMOS CONSEGUIR GANHAR À OUTRA ESCOLA?  - PERGUNTOU O MANUEL.

  • TREINADOR - CLARO QUE SIM! - DISSE O TREINADOR.

 

O MANUEL E OS AMIGOS PEDIRAM ENTÃO AO TREINADOR PARA LHES DAR FRUTA. E LOGO PASSADOS UNS MINUTOS, O TREINADOR VEIO COM UM CESTO ENORME DE FRUTA. TODOS COMERAM PÊRAS, BANANAS, LARANJAS, MAÇÃS E MUITOS OUTROS FRUTOS.

QUANDO REGRESSARAM AO CAMPO DE FUTEBOL, VINHAM CHEIOS DE FORÇA E ENERGIA QUE ACABARAM POR GANHAR O JOGO.

A PARTIR DAÍ O MANUEL E OS COLEGAS COMERAM FRUTA TODOS OS DIAS E NUNCA MAIS PERDERAM UM JOGO DE FUTEBOL.”

 

FRANCISCO - AGORA JÁ SEI COMO VOU GANHAR TODOS OS JOGOS DE FUTEBOL!

 

 

  • FRUTOS

 

 

MÃE - AGORA SÓ FALTA COMEREM O PEIXE E A CARNE!

 

FRANCISCO - MAS MAMÃ, NÓS JÁ COMEMOS MUITAS COISAS SAUDÁVEIS!

 

LEONOR - NÃO PRECISAMOS DE COMER MAIS NADA!

MÃE - O PEIXE E A CARNE SÃO MUITO IMPORTANTES, POIS TÊM FERRO, PROTEÍNAS E MINERAIS. ALIÁS ISTO FAZ-ME LEMBRAR OUTRA HISTÓRIA.

 

FRANCISCO E LEONOR - CONTA, CONTA!

 

MÃE - “A CARMINHO ERA UMA MENINA MUITO FRAQUINHA. TÃO FRAQUINHA QUE QUANDO IA E VINHA DA ESCOLA, TINHA DE PEDIR AOS COLEGAS PARA LHE TRAZEREM A MOCHILA, POIS NÃO PODIA COM ELA. 

EM CASA NUNCA BRINCAVA COM OS SEUS BRINQUEDOS PREFERIDOS PORQUE ERAM MUITO PESADOS PARA OS TIRAR DA CAIXA. NA RUA FICAVA A VER OS AMIGOS A BRINCAR E A SALTAR SEM PODER TAMBÉM ELA JOGAR COM ELES, PORQUE NÃO TINHA FORÇA PARA SUBIR AO ESCORREGA OU SALTAR À CORDA E O PIOR, ERA NÃO CONSEGUIR AJUDAR A MÃE E O PAI A TRAZER OS SACOS DAS COMPRAS. OS AMIGOS ATÉ JÁ LHE CHAMAVAM A “CARMINHO DE BRAÇO FRAQUINHO.

UM DIA, A PROFESSOR PEDIU A CADA ALUNO PARA TRAZER O SEU LIVRO FAVORITO. A CARMINHO FICOU MUITO FELIZ, POIS ELA TINHA UM LIVRO COM MUITAS HISTÓRIAS QUE PAI LHE COSTUMAVA LER AO DEITAR. QUANDO CHEGOU A CASA TENTOU TIRAR O LIVRO DA ESTANTE, MAS PARA SEU DESGOSTO O LIVRO QUE TINHA TANTAS HISTÓRIAS ERA MUITO GRANDE E PESADO. A CARMINHO SENTOU-SE NO CHÃO E ALI FICOU TRISTE E PENSATIVA A OLHAR PARA O SEU LIVRO. O PAI AO VÊ-LA ASSIM PERGUNTOU-LHE O TINHA:

 

  • PAI - O QUE TENS CARMINHO? - PERGUNTOU O PAI.

  • CARMINHO - A MINHA PROFESSORA PEDIU PARA LEVAR-MOS UM LIVRO PARA A ESCOLA E EU NÃO TENHO FORÇA PARA O TIRAR DA ESTANTE!

  • PAI - QUANDO EU TE DIGO PARA COMERES O PEIXE E A CARNE É PORQUE SEI QUE ISSO TE VAI DAR FORÇA! - DISSE O PAI.

  • CARMINHO - MAS EU NÃO GOSTO DE COMER PEIXE E TAMBÉM NÃO GOSTO DE COMER CARNE!

  • PAI - SE COMERES A CARNE E O PEIXE VAIS FICAR FORTE E ASSIM JÁ PODES LEVAR A MOCHILA ÀS COSTAS, BRINCAR COM OS TEUS AMIGOS E ATÉ TIRARES O LIVRO DA ESTANTE!

  • CARMINHO - ACHAS MESMO PAPÁ? PERGUNTOU A CARMINHO.

  • CLARO QUE SIM! A PARTIR DE HOJE VAIS COMER TODOS OS DIAS PEIXE E CARNE E PAI - VAIS VER QUE PARA A SEMANA JÁ CONSEGUES LEVAR O LIVRO! -  DISSE-LHE O PAI.

 

A PARTIR DESSE DIA A CARMINHO COMEÇOU A COMER PEIXE E CARNE TODOS OS DIAS E QUANDO CHEGOU O DIA DE LEVAR O SEU LIVRO PREFERIDO, ELA CONSEGUIU TIRA-LO DA ESTANTE, COLOCÁ-LO NA MOCHILA E LEVA-LA ÀS COSTAS ATÉ À ESCOLA. NO RECREIO BRINCOU COM OS SEUS AMIGOS EM TODOS OS JOGOS QUE FIZERAM.”

 

 

  • PEIXE E CARNE

FRANCISCO - EU QUERO SER COMO ESSES MENINOS E POR ISSO A PARTIR DE HOJE TAMBÉM VOU COMER PEIXE, CARNE E FRUTOS!

 

LEONOR - E NÃO TE ESQUEÇAS DE BEBER LEITE E COMER SOPA!

 

MÃE - SE QUISEREM SER FORTES E INTELIGENTES TÊM DE TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL EM TODAS AS REFEIÇÕES.

 

 

  • AS MINHAS REFEIÇÕES